Manaus (AM), Quinta, 24 de Abril de 2014. Bem vindo(a)!
 
 
PNCQ - Programa Nacional de Controle de Qualidade
Vieira Cirurgia Plástica
ÍNDICE
Endomísio IgA, anticorpos anti
Comentários Teste útil para o diagnóstico e monitorização do tratamento da doença celíaca (DC) e da dermatite
herpetiforme. Endomísio é uma bainha de fibrilas reticulares que envolvem as fibras da musculatura lisa. Na
DC, a ingestão de glúten leva à produção de anticorpos anti-gliadina e anti-endomísio. Anticorpos antiendomísio
IgA possuem sensibilidade de 94% a 100% e especificidade de 93% a 100% para o diagnóstico
da doença celíaca. Pacientes com deficiência seletiva de IgA, na fase inicial da doença e uma pequena
percentagem de pacientes que possuem apenas resposta mediata por células T, apresentam teste negativo
para anti-endomísio IgA. Quando os pacientes adotam uma dieta sem glúten, os títulos de anticorpos antiendomísio
IgA caem, a níveis indetectáveis, dentro de 6 meses a 12 meses, mas podem permanecer por até
31 meses se os títulos iniciais forem altos. A soronegativação precede a melhora da morfologia intestinal.
Anticorpos anti-endomísio IgG quase sempre são detectáveis em pacientes celíacos com deficiência de IgA.
Os níveis de IgG não desaparecem com a dieta e não podem ser utilizados para monitorizar pacientes com
deficiência de IgA. Ensaios comerciais disponíveis realizam a detecção de anticorpos IgG anti-endomísio de
forma conjunta com IgA (anticorpos totais). Recentemente, foi demonstrado que o componente alvo destes
anticorpos é a transglutaminase tecidual presente nestes substratos.
Método Imunofluorescência indireta
Valor de referência Negativo: título < 1:5
Condição - 0,6mL de soro.
- J.O. 8h.
[índice de exames]
 
 
   
Rua Monsenhor Coutinho, 835, Centro - CEP 69010-110 (92) 3234-5690
 
Desenvolvido porDesenvolvido por WebFix Soluções Virtuais