Manaus (AM), Sexta, 18 de Abril de 2014. Bem vindo(a)!
 
 
PNCQ - Programa Nacional de Controle de Qualidade
Vieira Cirurgia Plástica
ÍNDICE
Proteína C reativa quantitativa de alta sensibilidade
Comentários Tradicionalmente a quantificação da PCR é usada para monitorar processos inflamatórios e diferenciar:
infecções virais das bacterianas (PCR mais elevada), pois a segunda leva a uma concentração muito mais
elevada desta proteína; doença de Crohn (PCR elevada) da retocolite ulcerativa (PCR baixa); artrite
reumatóide (PCR elevada) do lúpus eritematoso sistêmico sem complicações (PCR baixa). Níveis elevados
têm sido reportados em pacientes com doença arterial coronariana. Estudos demonstram que a PCR de alta
sensibilidade é preditora independente de IAM e AVC em homens e mulheres aparentemente saudáveis.
Método Nefelometria
Valor de referência Para risco cardiovascular
Risco alto: > 3mg/dL
Risco médio: 1 a 3mg/dL
Risco baixo: < 1mg/dL
Para doenças inflamatórias na fase aguda
Inferior a 8mg/dL: negativo
Nota: A interpretação dos valores para risco cardiovascular somente pode ser realizada na ausência de quadros inflamatórios sistêmicos.
Condição - 0,5mL de soro.
- J.O. 8h.
[índice de exames]
 
 
   
Rua Monsenhor Coutinho, 835, Centro - CEP 69010-110 (92) 3234-5690
 
Desenvolvido porDesenvolvido por WebFix Soluções Virtuais